Amsterdam Parte 1 – Por Nathalia Dib

Como eu havia comentado no Instagram, a pessoa que vai inaugurar essa categoria aqui no blog é minha amiga-irmã-madrinha de casamento Nathalia Dib, o blog dela é o truetosizes.wordpress.com. Visitem! 🙂
Segue o post feito com carinho para o blog:

Amsterdam é a cidade mais democrática que eu já fui! Tem TANTA coisa que é impossível resumir em apenas um post!

IMG_20140127_151133_679_wm

Se você quer curtir a vida adoidado, Amsterdam é a cidade para você. Se você é careta e adora passeios culturais (like me), Amsterdam também é a cidade para você!

Como a maioria das grandes cidades européias, lá você pode fazer um “free” walking tour, aqueles em que paga apenas o quanto acha que o passeio guiado valeu. Por sorte, meu guia foi maravilhoso, formado em história, o que ajudou bastante nas explicações de pontos históricos. Ele também tinha seu lado “legalize” e era guia de um passeio noturno por coffeeshops pela cidade!

FYI: Lá coffeeshops não vedem café! É como se chamam os locais que vendem maconha. Se você quer tomar espressos, procure um Cafe!

Sobre a parte cultural, aí vão meus high lights:

– Casa de Anne Frank: a casa em que Anne viveu e onde escreveu seu famoso diário durante a guerra foi totalmente preservada e transformada em um museu em sua homenagem. A entrada é um pouco cara, mas o passeio é emocionante!

Anne-Frank-house2-e1389323978850

www.annefrank.org

– Museu de Van Gogh: preciso dizer mais? Ver as obras do pintor ao vivo é indescritível. Se você gosta de artes, vá com bastante tempo para contemplar as pinceladas e cores dos quadros de Van Gogh. O único problema é que o museu cede algumas obras para exposições internacionais. Quando eu fui, por exemplo, os famosos girassóis estavam em Londres.

FB_IMG_1424538982472_wm– O clichê dos clichês, a escultura I Amsterdam: é do ladinho do museu de Van Gogh e ao lado do Riijksmuseum (não tive tempo de ir). É basicamente para tirar fotos engraçadas e conhecer um mooonte de brasileiros.

Se você gosta de souvenirs, pode pirar na lojinha que fica entre a escultura e o museu! Eles são um pouco caros, mas são oficiais. Tem muitas coisas legais e úteis, porque chega de cacareco, né? Ah! Lá você tem free WiFi!

É isso! Aguardem a segunda parte  do post! Com gastronomia de rua (minha especialidade) e um pouquinho de diversão!

PS: Para completar o post maravilhoso da Nath, no site oficial do museu da Anne Frank tem um tour virtual: http://www.annefrank.org/en/Subsites/Home/Enter-the-3D-house/#/house/20/
That’s it!

Share on FacebookPin on PinterestTweet about this on TwitterShare on RedditShare on Google+Share on LinkedIn

Comments

0 comments on “Amsterdam Parte 1 – Por Nathalia Dib”

  1. Márcia says:

    Adorei as dicas, vou pra lá esse ano e já estou anotando tudo. beijos]

    http://www.belablue.com.br

    1. Que bom, Márcia!! Te aviso quando vier a parte II então 😉

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *