A Arte Monumental de Marianne Peretti – Exposição em Brasília

Hi there!

Quem me acompanha no Instagram viu a foto que eu postei no dia que visitei a exposição cujo acervo conta a história e apresenta a arte (monumental) de Marianne Peretti. Desde que cheguei aqui nessa cidade eu sou encantada pelos vitrais da Catedral de Brasília sem nem saber de quem eram, como criança, simplesmente todo aquele azul, os movimentos e a sensação me transportavam para outro mundo.

Na faculdade aprendi a respeito de Marianne com um professor que havia tido a oportunidade de conhecê-la e estar próximo a ela durante as reformas da Catedral. Em uma de suas aulas ele explicou que a artista criou os os vitrais tão icônicos os desenhando em papéis gigantescos e em uma escala 1:1. Além disso, Marianne era a única mulher da equipe liderada por Niemeyer durante a empreitada da nova capital, lembro até hoje do quanto essa informação me marcou.

Então, quando essa exposição foi anunciada aqui em Brasília eu já fiquei completamente empolgada em ir conhecer mais da arte de alguém tão criativa e que consegue transmitir  sensações belíssimas passando a fluidez das formas aos materiais. Hoje vou compartilhar com vocês um pouco da Marianne e da exposição.

Biografia

Marianne-Peretti.-Divulgação

Marianne, que na verdade nasceu Marie Anne em Paris, é filha de uma francesa com um pernambucano. Sempre teve curiosidade de aptidão para artes e fez seu estudo formal na École des Arts Decoratifs e na Academie de la Grande Chaumière, em sua carreira profissional ilustrou vários livros e revistas, teve exposições em Paris e no Brasil, país que reside desde a década de 50. Peretti e Niemeyer firmaram uma grande parceria durante a construção de Brasília e os trabalhos da artista estão em diversos edifícios como na Catedral de Brasília, no palácio do Jaburu, Senado e até no Memorial JK. Além de Niemeyer, Peretti trabalhou com outros arquitetos e seus vitrais e esculturas habitam residências, Igrejas e prédios ao redor do Brasil.

A exposição

A exposição “A arte monumental de Marianne Peretti” está no Museu Nacional até o dia 5 de junho e com entrada franca. O visitante começa o passeio conhecendo a história de Marianne em uma linha do tempo fixada na parede do sue lado esquerdo ao passo que ao lado direito pode ir acompanhando fotos e um breve histórico de alguns dos seus principais trabalhos, o que é bem interessante uma vez que alguns trabalhos de Marianne estão em edifícios cujo acesso é limitado.

2016-04-30 14.30.58_wm

Após esse corredor vem um grande átrio com a minha principal surpresa. Um tamanho real estão algumas fotografias de 2 dos 16 painéis da Catedral e, ao centro, um dos famosos papéis de 30m no qual a artista criou sua arte. O visitante pode pisar ali naquele espaço e tentar se imaginar no lugar da artista durante seu processo de criação, é incrível imaginar dar vida a um papel em branco daquele tamanho ou ainda conseguir criar uma arte que una 16 daqueles painéis.

peretti2_wm

Além do icônico trabalho da Catedral, a exposição conta com um acervo maravilhoso esculturas e painéis dos mais variados tamanhos, formas e materiais. E o impressionante é que até nas grandiosas esculturas, Marianne consegue passar uma leveza para o seu trabalho, fiquei completamente maravilhada. Acredito que nem todas as fotos deste post farão jus ao trabalho maravilhoso da artista, até mesmo por não podermos fotografar com flash. então quem for de Brasília não deve deixar de visitar a exposição.

peretti_wm

Por trabalhar com materiais como vidro, as obras de Marianne passam para mim uma dupla identidade. Não sei se vocês vão concordar comigo, mas eu sentia que havia a escultura ou a obra e uma segunda obra, aquela criada pelas sobras quando a luz atravessa a peça. Inclusiva a curadoria fez um trabalho muito bom com a iluminação da exposição, estava ótima!

2016-04-30 14.38.29_wm

Depois que saímos da exposição, aproveitamos para entrar na Catedral e admirar mais uma vez os vitrais. Não tem jeito, sempre que entro nesse lugar tenho a mesma sensação que tive quando entrei pela primeira vez, com 5 anos de idade e recém chegada nessa cidade, simplesmente é de tirar o fôlego. Inclusive fica ai a recomendação, pare seu carro no estacionamento em frente à feirinha de flores secas da Catedral, visite a exposição, entre na igreja, contemple o trabalho de Marianne depois de ter aprendido mais sobre a sua história e só então vá para casa!

2016-04-30 15.13.53_wm

Legado de Marianne Peretti

Para fechar este post vou deixar aqui uma entrevista com Marianne na qual ela fala sobre sua arte e sua relação com o Brasil, com Brasília com o Niemeyer e mais. <3

[youtube https://www.youtube.com/watch?v=26ozNfLuWy4&w=560&h=315]

E então conheciam Marianne Peretti ou suas obras? E se já foi na exposição, o que achou? Ah, me digam aqui se gostam de posts desse tipo, andei pensando em fazer alguns posts mais ou menos neste formato a respeito de artistas que admiro. Gostariam?

Tenham um ótimo final de semana e até segunda!

Share on FacebookPin on PinterestTweet about this on TwitterShare on RedditShare on Google+Share on LinkedIn

Comments

0 comments on “A Arte Monumental de Marianne Peretti – Exposição em Brasília”

  1. Lari Reis says:

    Nossa, um trabalho muito bonito mesmo. Que legal que você teve essa oportunidade, Amanda. Vitrais são incríveis. As outras peças também parecem ser, mas tem algo nos vitrais que me chama muito a atenção… Deve ser o poder da luz!

    ps: estou te seguindo no Insta agora 🙂
    Beijos

  2. Eu não conhecia, que bacana este post!
    Cheio de informação interessante.. eu ameiii
    Beijos!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *