O que é Hygge?

Hygge, leia-se algo como hooga é um termo Dinamarquês para bem estar ou conforto. Nas regiões onde ele surgiu existem invernos rigorosos nos quais se passam dias com pouca luz do sol e a falta de vitamina D ou a ausência de mais horas de luz do sol podem acarretar até mesmo depressão. Daí entra o hygge, é a capacidade de manter as pessoas felizes durante essa estação do ano. Hoje em dia tem sido usado para caracterizar uma casa ou um ambiente no qual você se sinta bem, acolhido e no qual você possa ter atitutes hygge.

Hygge pode determinar aquela sensação gostosa de cheirinho de café e bolo pela casa, um momento com amigos, uma manhã demorada na cama, aquele “ufa” de quando chegamos do trabalho. Enfim, existem vários momentos hygge no nosso dia. Trazer isso para a decoração é estender o alcance dele! Gostou da ideia?


Para ilustrar bem a ideia, traduzi para vocês o manifesto hygge:

Ou seja, para incorporar o hygge e viver uma vida feliz e plena adivinha o caminho? Simplicidade. Chegar em casa, colocar uma roupa confortável, aquele moletom que você tem desde o ensino médio, acender velas ao invés de luzes, colocar uma música gostosa, fazer um chá e se jogar no sofá sem interferências de notificações do celular não custa praticamente nada. Mas dá aquela sensação de abraço quentinho.

Alguns adeptos ao estilo de vida indicam que o caminho é se permitir viver os momentos. Então comer um cupcake quando você deseja muito um, jogar um joguinho de tabuleiro em família ou ficar jogando bolinha para o seu cachorro sem se preocupar muito com o tempo também é hygge.

E como isso entra na decoração? Como hyggificar sua casa para que ela estimule esse estilo de vida?

  • Iluminação indireta – Compre mais velas, coloque um abajur num cantinho da sala, coisas que iluminem sem ser apenas o painel de led no teto. Se você ainda está construindo ou reformando converse com sua arquiteta sobre trabalharem a iluminação no gesso para ter várias possibilidades de iluminar o ambiente.

 

  • Estofados e mantinhas – Não se prenda apenas à estética das poltronas mas também ao conforto. Escolha cadeiras, poltronas ou sofás daqueles que te abraçam quando você deita. Outra coisa bastante hygge é ter um cesto de mantinhas para usar e se cobrir enquanto lê um livro.

 

  • Sapatos da porta para fora – Essa é uma tradição bem pouco brasileira. Mas vale a tentativa de usar meias, pantufas ou outras coisas confortáveis assim dentro de casa!

 

  • Cores relaxantes – Tudo bem ter toques de cor que colocam personalidade no ambiente. Mas depois de andar em meio a tantos outdoors e neon na cidade, faz bem chegar em uma casa em tons neutros. Isso já vai dando ao seu corpo aquele sinal de “ei, precisamos relaxar”.

 

  • Fotos – Lembra do item “juntos” no manifesto? Retome o hábito de fotografar momentos, revele as fotos e coloque o porta retrato bem à vista. Assim as boas memórias estarão sempre presentes no seu dia a dia.

 

E então, o que acharam desse estilo de vida Hygge? Vamos combinar que os dinamarqueses sempre são eleitos um dos povos mais felizes do mundo, ou seja, temos que concordar que de felicidade eles entendem. Comece por observar aquilo que realmente te dá prazer, a partir daí vá listando maneiras de incorporar esses prazeres ao seu dia a dia.

 

Share on FacebookPin on PinterestTweet about this on TwitterShare on RedditShare on Google+Share on LinkedIn

Comments

14 comments on “O que é Hygge?”

  1. Helô says:

    outro dia li em um blog (será que foi aqui? tenho amnésia) sobre esse termo aplicado à moda, como um estilo mesmo de se vestir. Amei muito… conforto é tudo!

    1. Acho que não foi aqui não, mas agora fiquei curiosa para ler esse post hahahaha

  2. Lulu says:

    Olá Amanda,
    Me chamou o item gratidão. Quanto mais somos gratos, mais bençãos enxergamos em nossas vidas.
    Big Beijos,
    Lulu
    BLOG | YOU TUBE

    1. Muito! Gratidão é tudo!!

  3. marymicucci says:

    Não conhecia o Hygge, mas é um estilo de vida bem interessante.

    http://marymicucci.com

    1. Bastante né? <3 Só felicidade!

  4. Thayse says:

    Eu ouvi falar nisso há um tempo atrás e não tinha entendido direito, depois acabei descobrindo em uma andança de pesquisas de decor e amei. Acho sensacional e teu post ficou muito amor, bem explicadinho e didático. Parabéns!


    Beijos
    Brilho de Aluguel

    1. Ahhh! Obrigada!!! <3 Fiquei muito feliz com seu comentário!

  5. Julie says:

    Não conhecia o termo, mas adorei!
    Seu post ficou bem explicadinho, parabéns 🙂

    1. Oi Julie! Que bom que gostou! <3

  6. adorei conhecer esse termo de fora, é uma sensação de aconchego e conforto que a gente gosta de sentir né

    http://www.tofucolorido.com.br
    http://www.facebook.com/blogtofucolorido

  7. Lala Ismerim says:

    Amei! Amei! Amei!
    Tô curtindo muito esse estilo mais simples na decoração.
    Pensando seriamente em me mudar pra Dinamarca. Pq esse calor daqui é que me deixa depressiva. kkkkk…
    Sério. Só presta pra ir na praia. Mas pra viver não é bom não.
    Beijo

  8. Natalia says:

    Que post interessante, Amanda. Nunca tinha ouvido falar desse termo!

  9. Kaka F. says:

    Mandi, amei! É praticamente uma tradição da família Machado (família da minha mãe) ter abajures em casa. Acho que nenhuma casa usa a luz de cima, sempre abajur. Aqui na minha eu tenho um em casa peça, e essa luz quente, que metaforicamente aquece mesmo faz uma grande diferença! Minha geladeira é tapada de fotos imantadas que mandei fazer (principalmente pq moramos longe da maior parte da família/amigos) e tenho mantinhas e amo elas. Acho que estou no caminho! Só falta uma pantufa nova hehehe. Mas realmente essa situação toda faz uma grande diferença. Quando estou num dia mais atribulado, cansaço, e penso em chegar em casa são todas essas coisas (e o vinho!) que me vem a cabeça! Adorei o post!! Bjo bjo bjo!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *